lp_website_2-cortea_slideshow_1900_1100_1900x1100_acf_cropped
lp_website_2-corteb_slideshow_1900_1100_1900x1100_acf_cropped
lp_website_2-pg_detalhe_slideshow_1900_11001_1900x1100_acf_cropped
lp_website_2-pg_slideshow_1900_11001_1900x1100_acf_cropped
lp_website_2-vista1_slideshow_950_550
lp_website_2-vista2_slideshow_950_550

Parcela 3 – Lotes 30, 32, 29 e 33

Parcela 3 da Baía de Luanda, Ilha do Cabo, Angola 2014

O projecto dos espaços exteriores, que consiste num logradouro comum a 4 lotes, integra-se no conceito geral de intervenção indicado no projecto geral das obras de urbanização da Parcela 3 e simultaneamente articula-se nos pressupostos do projecto de arquitectura de cada lote, com vista a transmitir uma imagem forte e coesa do conjunto edifícios/exteriores. Assim, defende-se cada lote com uma identidade própria, tanto imagética como funcional; já o logradouro, comum aos três lotes, assume-se como um espaço central de convivência entre as diferentes realidades previstas para cada edifício.

Os princípios de planeamento do espaço incluem:
1 - um espaço cénico central, contemplativo e de enquadramento, capaz de envolver as vistas sobre a Baía de Luanda e filtrar as vistas sobre os lotes vizinhos; função importante na criação de um cenário calmo propício a condições de trabalho dos edifícios de escritórios.
2 - uma piscina com cerca de 5 x 19m do tipo “sem fim” sobre a água da Baía, numa posição central do logradouro, para recreio de todas as idades, incluindo solário em deck e pequeno chapinheiro para onde escorre a água da piscina em contínuo, gerando um ruido agradável a toda área envolvente, dissimulando os barulhos da cidade lá fora;
3 - uma área de jogos e recreio, equipada com alguns brinquedos, destinada a crianças;
Todo o projecto será construtivamente independente da laje de cobertura, sendo constituído por módulos pré-fabricados dispostos numa quadrícula.

Edifícios de Escritórios e Habitação
Área: 1534 m2
Equipa: Margarida Quelhas, Nuno Mota, Joana Barreto, Carmen Silva, Cristina Leal
Arquitectura: Costa Lopes Arq.
Cliente: Cooperativa Sanguluca / Cooperativa Essandju / Right Angle s.a.