lp_website_14-pg_slideshow_1900_11001_1900x1100_acf_cropped
lp_website_foto1_950_550
lp_website_foto2_950_550

Aldeia Solar

Cabiri, Angola 2012

Os Espaços Exteriores da Aldeia Solar são organizados e caracterizados de acordo com as suas funções, embora partilhem os mesmos princípios de mínimo impacto na paisagem e contenção de custos de implementação.

Propõem-se espaços exteriores de uso comum a toda a aldeia: praças, mercado, jangos e campos de jogos; espaços exteriores comuns a núcleos da aldeia: praças e pequenas estadias e ainda outros espaços exteriores públicos de uso mais controlado: recreio, hortas e campos de jogos escolares.

As pavimentações exteriores deverão provocar uma impermeabilização mínima do solo, por isso na maior parte das áreas apenas se deverá fazer uma estabilização do mesmo. Nas áreas onde se preveja uma maior carga de pisoteio poderá utilizar-se um material inerte, blocos ou lajetas de betão, mas que deverá ser aplicado com junta aberta para garantir ainda alguma permeabilidade.

Para organização dos espaços exteriores públicos serão executados pequenos muretes em blocos de terra comprimida, os quais também servirão como bancos, permitindo equipar pequenas áreas de estadia.

A vegetação a introduzir, com excepção das espécies agrícolas, limitar-se-á ao estrato arbóreo, devendo o mesmo criar uma estrutura que para além de promover o ensombramento como meio de amenização dos espaços, servirá para organizar e hierarquizar as diferentes áreas.

Espaços Públicos
Área: 1017540,68 m2
Equipa: Margarida Quelhas, Joana Barreto
Urbanismo e Arquitectura: Costa Lopes Arq.
Cliente: Sonangol Holdings